IGP-M e IPCA: tudo o que você precisa saber sobre esses índices de inflação.

Quais são suas diferenças e como as taxas são aplicadas nos contratos imobiliários.


Você sabe o que significa as siglas IGP-M e IPCA? As duas se referem aos índices de inflação e são aplicadas no mercado imobiliário. Todo contrato imobiliário tem suas condições, como prazo, seguros obrigatórios e taxas de juros. E como se trata de uma operação de longo prazo, os bancos e empresas procuram se proteger. E eles fazem isso por meio de indexadores de crédito imobiliário, como o IGP-M e IPCA.


A primeira se refere ao Índice Geral de Preços - Mercado (IGP-M), sendo responsável por verificar os preços no setor da construção civil. Principalmente em contratos de aluguel, a taxa atua na correção de valores de acordo com a inflação. A taxa é calculada pela Fundação Getúlio Vargas sendo ponderada por três categorias diferentes do mercado. Na área imobiliária, seu valor é calculado aplicando 10% de peso no índice. Atualmente, a maioria dos contratos de aluguéis são reajustados a partir da taxa IGP-M.


A segunda, Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) - é o indicador utilizado pelo Banco Central como referência para determinar a taxa básica de juros do país, a famosa Selic. Com isso, sua atuação está relacionada à compra de imóveis. Ao atrelar um financiamento imobiliário ao IPCA, a taxa real de juros pode ser mais baixa. Apesar do sistema atual já prever uma redução gradual no valor das parcelas do financiamento, a partir desta taxa, o comprador conta com parcelas iniciais menores.

O índice oscila mês a mês e responde às variações de preços de produtos básicos (de alimentação, moradia e transporte) no mercado. Há maneiras de medir as tendências de inflação, mas ela é naturalmente instável. Nesse sentido, a inflação medida pelo IPCA é mais transparente pelo fato da correção se dar pelo índice oficial. No entanto, caso a inflação dispare, é possível que o valor do financiamento supere o valor do imóvel. A opção torna-se viável a compradores que possuem uma vida financeira estável, como funcionários públicos.


Quer saber mais informações sobre essas duas taxas? Nossa equipe pode te ajudar. Converse conosco e tire todas as suas dúvidas!


4 visualizações

INSCREVA-SE!

Obrigado pelo envio!

OLÁ

O blog da Ferrara traz para você conteúdos do setor imobiliário,  esclarecimentos e informações jurídicas, dicas para condomínios, informações e assuntos

atuais do mercado imobiliário.

SIGA A FERRARA

  • Instagram
  • Facebook
  • LinkedIn

CATEGORIAS

ARQUIVOS